terça-feira, dezembro 20, 2011

Entropia

Todo caos que nos ronda faz da gente um lugar sem significado. A bagunça faz com que a ordem natural dos acontecimentos se inverta. E quando o arranjo das coisas está ao contrário, o fato de sentir qualquer tipo de coisa nos confunde. A desordem revela a verdadeira entranha do nosso caráter. Se alteram o curso que você espera pra sua vida, a confusão que está dentro de você se revela.  E é na fenda que se abre no teu peito que pode realmente ser vista a pessoa que você esconde lá dentro.
A origem do caos está impressa na força que o seu instinto tem sobre a tua vontade, sobre o seu medidor de certo e errado. Quando não consideram o certo  e o errado apenas uma convenção.
Nós vivemos numa teia de acontecimentos imprevisíveis e incontroláveis. Carregamos a vaga sensação de um futuro já previsto pela rotina, e descartamos incoscientemente qualquer hipótese de caos. A desordem está  à espreita. Sondando os segundos dos relógios.

5 comentários:

Translation service disse...

Very interesting topic. Makes me think a small significantly more about what I enjoyed and learned about the post! Amazing tips and hints, thanks!

Cesar de Lima disse...

li outros posts mas fiquei com preguiça de comentar em todos, então comento todos que li aqui mesmo...olha, fiquei impressionado com suas idéias sobre temas tão instigantes quanto raros de encontrar na blogosfera e, indo checar suas influências literárias eu percebi da onde vinha a qualidade dos textos, mesmo aqueles que viajam longe...Parabéns!

Dúuh Madden disse...

Muito interessante =]

- http://extorniadarkina.blogspot.com.br/
Enta aí e deixa uma sugestão tbm ;D

Anônimo disse...

Tenho lido muitos mas foi neste blog encontrei que mais precisava.Poxa que blog mais interessante e super inteligente com postagens que faz abrir o coração.Durante todo tempo de pesquisas foi neste blog que me amarrei.
Somente me resta dizer:

PARABÉNS!

Eu disse...

Muito bom o seu blog moça!! To esperando algo a respeito da "cor de malandro"! :P